Buscar
  • amarsi

O poder da Meditação

ALERTA TEXTÃO!! Vamos conversar hoje sobre meditação, e para entender um pouco melhor é sempre bom começar pela historia de sua origem.





Através de pesquisas sobre seu inicio, sem exatamente uma data ao certo, as praticas de meditação começaram a ser realizadas antes de cristo (pelo menos a mais de 2.500 anos atrás), a pratica teve inicio na Índia mas rapidamente se difundia em toda a Ásia.

As praticas começaram a serem trazidas para o ocidente no século XVII pelos judeus, que começaram a acrescenta-las durante suas orações. Em 1927 livros sobre o assunto começaram a serem escritos e a meditação começou a se espalhar entre as pessoas, mas foi em 1960 que o guru Maharishi Mahesh Yogi convenceu os Beatles de irem até a Índia aprenderem mais sobre a meditação e incluir as praticas no dia a dia deles, nesse momento a meditação de tornou famosa e conhecida por todo o mundo.

Em 1979 um programa fundado nos Estados Unidos, chamado Mindfulness fizeram a pratica de meditação começar a ser estudada por médicos e especialistas e se comprovarem como eficácia para vários problemas de saúde e psíquicos.

“Com a ressonância magnética e a tomografia, percebemos que a meditação muda o funcionamento de algumas áreas do cérebro, e isso influencia o equilíbrio do organismo como um todo”, diz o psicólogo Michael Posner, da Universidade de Oregon.

Em 2007 foi feita uma pesquisa nos EUA aonde encontraram um resultado de que em cada 10 americanos 1 pratica meditação. A seguir os resultados comprovados pelos médicos, mas ao longo das nossas conversas conto mais experiências e estudos feitos que mostram também outros benefícios que a meditação traz a vida de que a pratica.


- Redução de estresse: os efeitos para quem medita quase todos os dias foram identificados na diminuição da produção de adrenalina e cortisol, hormônios responsáveis pelos distúrbios de ansiedade, déficit de atenção, hiperatividade e estresse; esses hormônios foram substituídos durante a pratica pela endorfina, esse por sua vez ligados a sensação de felicidade.

- Melhoria no sistema cardiovascular: além das pesquisas indicarem a diminuição do desenvolvimento de doenças cardíacas e vasculares, foi comprovado que a meditação diminui em 47% seus praticantes de terem um infarto ou ataque cardíaco.

- Insônias e distúrbios mentais

- Alivio de dor: devido a conexão feita do individuo com seu ser e não com seu corpo (falaremos mais sobre isso), é possível parar de sentir dores que só dizem respeito a esse corpo e não realmente quem você é. Tive um relato pessoal, de alguém próximo a mim que meditou durante o parto de sua filha e não precisou de anestesias, foi tranquilo e quase indolor.

- Reforço do sistema imunológico: "O aumento da atividade cerebral relacionada a pensamentos positivos tem influência direta na maior produção de anticorpos. A meditação também intensifica a ação da enzima telomerase", diz Judson A. Brewer, de Yale.

- Melhora na concentração: as áreas do cérebro responsáveis pela memória e atenção ficam mais densas devido a pratica.

Acredito que depois dessa lista de melhorias na vida não preciso dizer mais nada do porque todos os indivíduos deveriam começar a praticar a meditação, não é mesmo? Mas afinal de contas porque isso acontece e como são feitas essas praticas?


Muito bem, se você ainda não ficou convencido de que sua vida vai mudar, aqui vai mais um motivo pra se iniciar as praticas: o momento da meditação é aquele momento na vida aonde você deve e se permite a desligar do mundo caótico em que vivemos e se voltar somente para o seu eu, talvez aquele que até hoje você ainda não conheça mas que ao conhecer vai se sentir completo e realizado de uma vez por todas. As praticas podem ser feitas sozinhas (aconselho para aqueles que já fizeram aulas e já estudaram) ou guiadas por instrutores. Elas parecem simples, afinal de contas desligar a mente parece ser prazeroso e fácil de realizar, mas não se engane, nossa própria mente tenta nos driblar e dificulta para que seja ainda mais difícil de nos concentrar na ausência de pensamentos.


Em um livro do Matthieu Ricard, “Felicidade - a pratica do bem estar”, ha um exercício de como começar a meditar, ele começa dizendo que tanto faz o que você esteja passando no momento presente da sua vida, existe sempre um potencial dentro de você pronto para desabrochar, sendo ele de amor, bondade, compaixão ou paz interior. É através do desenvolvimento e amadurecimento desses potenciais que o individuo atinge o sentimento estável de bem-estar. Para começar é necessário que você conheça sua própria mente, e este é o início da meditação. Em uma posição confortável, com as costas retas, sem forçar nada, sem sentir tensão nenhuma, apenas confortável e sentado, feche os olhos e respire naturalmente. Comece prestando atenção na sua respiração, a cada vez que inspira e expira, e tente perceber todas as vezes que você pensa em algo que não seja sua respiração, percebendo que sua mente divagou traga de novo sua atenção a respiração, pronto este é o começo da meditação, entender quando sua mente está vazia ou focada naquilo que você escolheu, e perceber todas as vezes que sua mente traz novos pensamentos te distraindo daquilo que estava concentrado. Este estado é descrito como consciência, aonde sua mente esta livre de pensamentos dispersos e padrões diferentes.

A meditação pode ser considerada um modo de vida e eu convido a todos a viver desse modo.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo